Caso 63




Como que eu vou te apresentar para minha mãe? Convenhamos Narigudo, a sociedade nunca vai aceitar nosso relacionamento.
...

Namorar pessoas normais é para os fracos, e a nova tendência é o amor idealizado, que vem forte para o Outono/Inverno 2019. Pelo menos era sobre isso que estávamos conversando na hora do almoço, meu colega de quarto e eu. 

Não quero parecer desequilibrada aos olhos do leitor. Mas entendam, depois de tantos relacionamentos que deram errado, a gente fica meio sem alternativa. E uma foto não vai te julgar se você quiser cortar uma mecha do cabelo dela e guardar em baixo do colchão. Além do mais, isso já é super comum no planeta de onde venho.
Houve até casos onde cientistas conseguiram misturar o material genético de uma pessoa e de uma foto para gerar um embrião saudável. Com crianças que chegaram a fase adulta sem maiores problemas.

Narigudo, a gente tentou fazer nosso relacionamento funcionar no mundo tridimensional. Mas a culpa por não estarmos em um relacionamento abusivo nos consumiu e resultou no que a sociedade já esperava: dois desocupados [porém infelizes].

Tá vendo, é nisso que dá essas séries que a Netflix fica fazendo. Eles ficam romantizando o suicídio e a possessividade romântica, aí esse esquema não dá certo e a gente tem que ficar namorando fotografias.
Eles são uns irresponsáveis!!!

Assim, caso você mude de ideia e queira dar mais uma chance pra gente, é só vir me chamar aqui em casa. Eu tô morando agora num prédio com tijolos expostos e uma placa com os dizeres "Hospício Lotado - Não Insista".


- ops

Nenhum comentário:

Postar um comentário