Moonpie




Quanto mais você acha que sabe da vida, menos de fato você sabe.

70 anos atrás, o homem achava que o átomo era a menor partícula da matéria, até que o átomo em questão foi aberto e saiu um monte de coisas lá de dentro. E hoje, não me espanta, a gente já sabe que os prótons do átomo são feitos de partículas ainda menores, os quarks. 
Adianta a gente falar que sabe alguma coisa?

E dos nossos sentimentos, será que dá para ter certeza? Tenho tido muitas dúvidas como essa.
Quem a gente conhece pelo caminho da vida, as pessoas que conquistam uma suite no nosso coração mesmo sem saberem que moram lá, ou que ainda moram lá...

Não tem como saber o futuro. O que é legal, porque veja bem, nos deixa empolgados para acontecimentos massa, e evita a tensão de saber que momentos dolorosos se aproximam. 
Sim, a gente precisa se decepcionar. Como também precisamos ficar contentes, e sair querendo abraçar todo mundo só porque aquela pessoa perguntou se você não queria ir com ela no show daquela banda estrangeira. 

E a gente nunca esquece o carinho com que foi dito aquele "não vai rolar". É o tipo de coisa que fica guardada lá na nossa casinha de lembranças, e cada nova experiência, por menor que seja, vai virando mais um tijolinho enquanto a obra de construir a nossa vida vai acontecendo.


- continue a nadar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário