Linhas São Amor




Vocês que usam caderno pontilhado, qual o segredo? Porque olha... isso não foi feito pra mim.
Eu, que não tenho paciência para bullet journal, até tentei usar o caderno pontilhado como caderno normal [todo mundo estava usando para alguma coisa... e parecia tão legal]. Mas não rolou. 
Me contem, de uma só vez, como vocês conseguem usar páginas assim com tanta tranquilidade? E com aquele montante de poluição visual? 
* como 40 cores de canetas e etc

Minimalista for ever? Sou mesmo. Preciso de linhas.
E que alegria senti quando troquei meu caderno pontilhado por um com linhas normais. No more pontos assustadores em folhas, que deixam as palavras incrivelmente fantasmagóricas [elas pareciam estar flutuando no papel!], e sem uma base de apoio. 
Ninguém aqui fica dirigindo carros em ziguezague pelas ruas, certo? Pois que a mesma lógica se aplica para mim quando falamos de material de escritório.

Quando fui começar "a decorar" as primeiras páginas de.meu caderno novo, me deu até um quentinho no coração ao escrever "as vezes a vida se resume a uma decisão insana" na primeira folha. Coloquei também um adesivo fofo da Cruella Ateliê em baixo da frase para deixar tudo ainda mais aconchegante. Coisa que nem é necessária quando se está usando um Moleskine de capa flexível, mas que fiz assim mesmo porque sou dessas.
Eu uso adesivos fofos.

Vejo hoje que me enganei, durante anos a fio achando que coisas como "escrever na agenda e guardar ingresso de cinema", como eu fazia quando era uma Anne com menos rugas, ainda preenchiam meu espirito aventureiro. As vezes a gente tem que deixar essa vontade de trazer elementos nostálgicos de lado e aceitar que não precisa ser como todo mundo. É perfeitamente aceitável que se só duas ou três cores de caneta te interessem. A gente cresce. Nossas prioridades mudam.
Etc, etc, etc...

- mas continuo com a caneta roxa

Nenhum comentário:

Postar um comentário