Ctrl+C Ctrl+V da CeraVe




Geral que produz conteúdo para internet falando do CeraVe. 
Mas... convenhamos, toda essa publicidade em torno do hidratante mais está parecendo um campo de batalha nas redes sociais para quem usa a #DesafioCeraVe
Quando uma pessoa, duas, três... falam de um produto, a gente pensa: que bacana, deve ser bom mesmo! Mas isso que começou como jabá talvez tenha cruzado a linha do bom senso. Ou será que não?
* porque veja bem, o pessoal começou a reclamar forte, dizendo que não aguenta mais ouvir falar no tal creme, e que até raiva já pegou

Será esta a estratégia que o marketing está usando para fixar permanentemente o nome CeraVe na mente dos brasileiros? Como não entendo nada de propaganda para saber se isso não teria impacto negativo, então ¯\_(ツ)_/¯
...


Copia, Cola e a Estratégia da CeraVe

Mas criatura, como pode todo publi da marca ser tão igual?
Repare: a blogueira [opa, desculpe, eu quis dizer "influenciadora digital"] geralmente está de roupão, fala que nunca usou um hidratante tão bom e que além de super cuidar da pele ele não tem cheiro, o que te possibilita usar o perfume que quiser... entre tantas outras coisas.

Até as permutas [quando a pessoa recebe o produto e em troca faz um post sobre ele], são EXATAMENTE iguais.
A CeraVe deve está pagando uma grana pesada para esse pessoal não mudar uma virgula do briefing que recebe. E a agência que lida com o povo das internê deve estar sendo bem dura nas negociações.
Como pode...

Se é bom, eu não sei [aqui é baixa renda, meu anjo; não tenho dinheiro para ir na The Body Shop, quanto mais para gastar R$ 49,99 num hidratante de 200 ml].
Por que então estou fazendo propaganda de graça para a CeraVe
Achei um caso curioso que valia a pena essa reflexão. E vai ver essa era justamente a intenção de quem criou a campanha original.


- falem bem ou falem mal, mas falem de mim?

Nenhum comentário:

Postar um comentário