SP - Irving Penn




Entrei na sala da exposição e senti como se tivesse minha vida toda desejado me tornar uma fotógrafa também. Cada retrato em preto e branco só fazia ascender a luz da fotografia escondida em meu coração sofrido.


Irving Penn foi um dos maiores fotógrafos de sua geração. FATO. 
E esse grande mentor tem aqui seu trabalho exposto para pessoas que nunca tinham ouvido falar no seu nome, mas que com certeza já viram um de seus trabalhos.
* atenção mundo fashionista!

E tudo disposto como o fotografo gostava, separado categoricamente por categoria [não que eu entenda muito do assunto...]. Cada trabalho por onde eu passava era como virar a página de uma revista, com suas fotos dispostas lado a lado. Um trabalho de uma vida inteira desconstruído para revelar quem mestre Irving realmente foi [e isso, de novo, sou eu achando].

Temos também aquele famoso tecido cinza que Irving achou em Paris e utilizou como fundo infinito em suas fotografias pelo resto da vida. 
Fundo esse que na verdade era a cortina de um teatro francês. Mais poético impossível, mon amour.
* aliás, fundo usado por Irving e por quem mais visitasse o Instituto Moreira Salles [adorei os cliques postados pela galera no Instagram, rs]

E se a gente presta mesmo atenção a cada detalhe, essa exposição até se torna um curso de fotografia. 
O que no meu caso aconteceu, visto que me faltou dinheiro para começar and completar minha educação fotográfica.

 O IMS fica na Avenida Paulista, 2424 - Bela Vista
♡  até 18 de novembro  


- ao mestre, com carinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário