Cartas De Amor... Ao Amor




Querido Amor,

Aqui estaremos juntos então no futuro. Só nós dois neste quarto iluminado, com aquele cheirinho gostoso de churrasco lá fora.
O que fazer, se não embolarmos-nos em nosso lençol com estampa de cotonete e dar as mãos. De repente até cantar uma musiquinha fofa se você não estiver muito cansado.
Eu sei querido, tentar dominar o mundo não é uma tarefa muito divertida, com toda aquelas pessoas tentando te afugentar e te apunhalar pelas costas.

Há tempos que não nos vemos. Moonpie que o diga...
Imagino como estão as coisas por aí, se seu violão desafinado continua tocando corações quase vazios ou se seu tigre já parou de crescer.
Magoou mais alguém hoje? Foi magoado?

Esqueço-me de dizer. Aqueles sete anões perguntaram por você, parece que eles tem uma amiga precisando de ajuda ou algo parecido. O que devo dizer?, enrola-los tem sido uma aventura desde que acabou a pipoca. Eles já estão estão ficando um tanto impacientes.

Não devo mais tomar seu precioso tempo, tão raro nessa época.
Tome cuidado, a neve há de chegar esse mês.

Sua,
Etc.

- a love story


* texto publicado originalmente em 01 de novembro de 2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário