We Need To Talk About Harry





Estude em uma boa instituição, case, tenha filhos... a vida está cheia de regras [não que não estivesse antes, veja bem].
Regras que eu mudei para minha vida, ao decidir fazer meu próprio caminho longe das convenções sociais mais aceitas.
...

Lembra que eu sempre digo que a vida acontece e nunca estamos preparados para ela? Então...
Num mundo de certezas como: eu faço o caminho que achar melhor e a Terra é redonda, o Pânico na Jovem Pan sempre foi uma constante que começava ao 12:00, horário de Brasólia.

Até que o Bola não apareceu mais no programa [onde está Marcus?]. 
Porque ele tinha saído? Isso é coisa que só fui descobrir algumas semanas atrás.
E para piorar a situação, Carioca também deixou o barco do Pânico. Nessa hora entrei em choque.

Foi quando todas as minhas certezas se transformaram em dúvidas. Parece que não estou tão pronta para a vida quanto eu achei que estava.
...

Nesses momentos de incertezas, digo que apenas uma coisa pode salvar: Harry Potter. Os sete livros para onde vou sempre que preciso me sentir segura.
Mas espere.
E se J.K Rowling sucumbir a sina das eternas continuações e escrever um oitavo livro? [Cursed Child não conta, atenção]. Entrarei eu em um loop de incertezas e inseguranças?


- mais fácil falar do que fazer

Nenhum comentário:

Postar um comentário