Where Was I?




Semana passada revolvi procurar no YouTóba vlogs de estrangeiros que vem para São Paulo, e qual não foi minha surpresa com a visão que eles tem da cidade. Sabem fofuchos, isso me fez refletir muito, foi bem bizarro.

De todos que assisti, dois valem ser mencionados:

  um rapaz que mostrou a cidade por vários ângulos, e até me fez valorizar mais o downtown de São Paulo. Ele visitou a Augusta [na época do video o CAOS ainda estava funcionando] e fez coisas que morando aqui a vida toda eu nunca fiz

♡  e teve uma moça [esse video sim eu achei bem curioso] que veio e comparou muito a cidade com Manhattan.
Como por exemplo, ela não entendia como as pessoas comparavam tanto a Avenida Paulista com a Fifth Avenue, sendo que as duas não tem nada a ver; ficou surpresa como o metrô de São Paulo chega toda hora, enquanto que em Manhattan o intervalo é 10 minutos.
E salientou a exaustão como São Paulo estava sempre nublada, e que nunca parava de garoar. Nesse ponto ela não poderia estar mais errada...
Vejam bem, a garota deve ter chego aqui numa época especifica. Sim, São Paulo um dia já foi  a terra da garoa, mas deixou de ser há muito tempo [eu era muito pequena quando a cidade ainda tinha esse apelido, mas por fatores humanos, tipo a poluição, o clima perdeu a capacidade de estar sempre nublado]. 
Quem mora aqui sabe que o clima predominante é seco e ensolarado.


Cheguei a conclusão que viver sempre em um determinado país nos acomoda, e acabamos fechando os olhos para o lugar onde residimos, já que a tendencia é sempre procurar pelo diferente, talvez até usar a violência como desculpa para mudar de país. 
Fofuchos, o Brasil não é TÃO ruim como algumas pessoas fazem parecer.

E porque será que todo mundo só faz vlogs de viagens? Ou do novo país onde vivem? 
Por que ninguém faz esse tipo e video sobre a cidade onde mora? Afinal, quem melhor para mostrar o local do que seus residentes, não é mesmo?


- bon voyage

Nenhum comentário:

Postar um comentário