A Mediadora - Reunião



Se fosse só pela protagonista, eu já tinha apagado todos os livros dessa série que estão no meu Kobo.
* essa garota consegue ser mais chata que Kelsey Hayes de "A Maldição do Tigre", socorro


Em Reunião, o terceiro livro da série "A Mediadora", Suzannah precisa ajudar quatro jovens que morreram após a festa de formatura no High School de uma escola vizinha. Só que mistérios e mais mistérios envolvendo a morte do grupo surgem a medida que nossa mediadora tenta resolver a situação.


Hábitos irritantes continuam os mesmos. Como Suzannah insistindo em chamar os filhos de Andy como se fossem anões da Branca de Neve, ou sua mania de resolver tudo na violência.
* eu já devia estar acostumada

Os personagens secundários, nesse livro como em todos os outros, são o aspecto mais interessante da trama.
Aqui temos Gina, melhor amiga de Suzannah, que chega de Nova York para uma curta porém intensa temporada. #FicaGina
E descobrimos também um pouco da vida de Padre Dominic antes de ser ordenado. Que amorzinho.


A leitura é bem leve. E isso é legal quando você, assim como eu, não tem uma boa velocidade de leitura.
* alguns hábitos são difíceis de mudar

Detalhe que nesse livro a autora não fica repetindo a exaustão tudo o que aconteceu nos livros anteriores.
Só o final, que apesar de ser bem interessante e apresentar reviravoltas incríveis, acabou seguindo a formula do primeiro livro, e isso não foi nada inovador para alguém que escreve tão bem como Meg Cabot.



FOTOS  ALEATÓRIAS




< ♡ >

Auf Wiedersehen
Instagram  ♡  Twitter  ♡  DiCera Store

Nenhum comentário:

Postar um comentário