Come Se Livrar De Um Vampiro Apaixonado


Olá pessoas!!!

Puxa, faz um tempão que não leio um livro tão fofo [apesar dele perder um pouquinho, mas só um pouquinho, dessa fofura na reta final].

Você é uma adolescente [esperando o bus escolar que recolhe os alunos na área rural], que de repente vê ao longe um rapaz alto e assustador no meio da névoa. E muito estranhamente ele está na mesma escola que você, na mesma sala que você e fica todo excitado quando você corta o dedo. E pior ainda, depois de contar tudo isso a sua mummy, ela o convida para jantar na sua casa [oi?]. Só que no caso não estamos falando de você, e sim de Jessica, a protagonista da história. É bem por aí.
Quando comecei a lê-lo, não tinha nenhuma ideia do que se tratava. Até prefiro assim, porque aí rola aquele mistério e torcida para que o livro seja legal. E ele é. Ri demais.

* E a dor que senti no coração quando ele acabou? Aiaiai... Imagine rios de lágrimas inundando esse post

Lucius, o vampiro, me fez dar altas gargalhadas com suas tentativas de se adaptar a cultura americana [ele é muito fofucho].

Ah! E no final do livro tem um epilogo maaara, com algo muito legal acontecendo.

Já em Como Salvar Um Vampiro Apaixonado [a continuação desnecessária], vemos uma Jessica completante irresponsável, insegura e sem vontade aparente de se fazer respeitar como governante, afundando num poço de imaturidade que só vendo [ou no caso, lendo].
O nível da narrativa caiu completamente e Lucius nem parecia o mesmo cara fofo que conhecemos no primeiro livro.
Aqui nos intercalamos entre capítulos narrados por Jessica e por Mindy, a melhor amiga da "mocinha". Capítulos esses que pareciam narrados por uma criança de cinco anos, tamanha imaturidade de Mindy para formar uma sentença gramatical. Os vilões são fraquíssimos e a narrativa em si parece um livro da série Goosebumps.
Sinto-me segura para falar francamente com vocês. Eu não li tudo, e acho que li até demais. Depois dos primeiros capitulos pulei logo para um final que me fez desejar não ter tido o conhecimento de que havia uma continuação.
O segundo livro não recomendo. Alias, te aconselho a ficar bem longe dele.

Por hoje é só pessoal
Auf Wiedersehen

Nenhum comentário:

Postar um comentário